0

Suárez critica gramados da Copa América: 'Não estão em bom estado'

Campo da Fonte Nova, em Salvador, já havia sido alvo de reclamações; Maracanã também sofreu críticas

21 jun 2019
13h59
  • separator
  • 0
  • comentários

Os gramados dos estádios brasileiros que vem sediando a Copa América tem sido alvos de críticas. Desta vez, foi o atacante Luis Suárez quem reclamou. Na zona mista após o empate por 2 a 2 contra o Japão, o camisa 9 do Uruguai e do Barcelona criticou o estado dos campos. A Celeste já atuou na Arena do Grêmio e no Mineirão e irá ao Maracanã na próxima segunda-feira.

Suárez marcou um dos gols do Uruguai (Foto: Divulgação/Uruguai)
Suárez marcou um dos gols do Uruguai (Foto: Divulgação/Uruguai)
Foto: Lance!

- Obviamente que não é desculpa para uma equipe como a nossa. Mas os gramados dos estádios não estão em bom estado. Vimos o Maracanã, estava muito mal. Mas tem que se adaptar a essas situações - disse o atacante.

Na partida entre Bolívia e Peru, o atacante Marcelo Moreno negou qualquer problema no gramado. Porém, nos bastidores, os dirigentes bolivianos não estavam satisfeitos com o campo do Maracanã.
O uruguaio Nicolás Lodeiro também adotou um discurso semelhante ao de Suárez. No entanto, ele destacou que isso não foi determinante para o resultado.

- Realmente não estava bom, mas não foi razão para o resultado - disse.

O técnico da Venezuela, Rafael Dudamel, reclamou do estado do campo da Arena Fonte Nova, em Salvador, após o empate contra o Brasil. O estádio também foi criticado por Lionel Scaloni e Carlos Queiroz, técnicos de Argentina e Colômbia.

Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade