BRASIL
   Últimas     Notícias     Mundo     Brasil     Economia     Esporte     Informática     Revistas

INDICADORES
» Cotação do dólar
» Outros indicadores
BOLSA DE VALORES
» Consulte uma cotação
» Outras bolsas
BASTIDORES
» Claudio Humberto
JORNAIS DA REDE
» Manchetes do dia
PREVISÃO DO TEMPO

» Imagem do satélite
SERVIÇOS
» Agenda
» Cotação de Automóveis
» Empregos
» Horóscopo
» Loterias
» Imposto de Renda
BUSCA
» Busca em notícias
» Busca na Internet

Câmara não vota lei sobre propaganda de cigarro

Terça, 27 de junho de 2000, 16h53min
O ministro da Saúde, José Serra, não conseguiu convencer os deputados a aprovarem, ainda neste semestre, o projeto de lei que restringe a propaganda de cigarros, tornando ela permitida apenas em pôsteres, painéis e cartazes, na parte interna dos locais de venda, mas proibindo-a nos meios de comunicação e em patrocínios.

Apesar dos esforços do ministro junto aos políticos, os líderes do PMDB, Geddel Vieira Lima (BA), e do PPB, Odelmo Leão (MG), assinaram requerimento pedindo a retirada da matéria da pauta de hoje do plenário da Câmara dos Deputados. O líder do PFL, Inocêncio Oliveira (PE), também apoiará a decisão dos dois líderes.

Outro requerimento pede a retirada de pauta do projeto de lei que muda a Lei das S.A., que também ficará para o segundo semestre. A Câmara somente deverá votar, esta semana, a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para 2001 e o projeto que reabre o prazo para as empresas aderirem ao Programa de Recupração Fiscal (Refis), mas em termos mais restritos que o anterior, cujo prazo venceu em 30 de abril.

Leia mais:
» Serra quer acabar com publicidade do cigarro
» Governo lança campanha contra cigarro
» Câmara vota projeto antifumo este mês
» Souza Cruz é condenada a pagar tratamento de câncer

Agência Estado

Volta

 

Copyright© 1996 - 2000 Terra Networks, S.A. Todos os direitos reservados. All rights reserved.